Dois projetos de lei estão em tramitação no Congresso Nacional, o PL 73/1999 que introduz cotas “sociais” e “raciais” e o PL 3198/2000, denominado Estatuto da Igualdade Racial, que pretende dividir o Brasil em “brasileiros” e “afro-brasileiros”. Os dois projetos têm na sua essência a introdução legal de uma política de diferenciação entre os brasileiros segundo critérios “raciais”.

O Texto que se segue é uma moção que será apresentada no próximo Congresso do Bloco de Esquerda (2 e 3 de Junho). Nele se reflecte sobre as condições que proporcionam o surgimento da burocracia nas organizações da classe operária e como combate-la.