No Japão, o Partido Democrático Liberal (PDL), no poder desde 1955 (com exceção de um breve período de dez meses no começo dos anos noventa), perdeu as eleições ocorridas em 30 de agosto. Os observadores de direita falam de uma “revolução política”.