A morte de Kadhafi e o colapso final de seu regime fecham um capítulo. No entanto, tal fato apenas representa um ponto de virada na situação. Agora que o velho regime finalmente se foi, abre-se a luta sobre o futuro da Líbia.

O caráter de massas do movimento mostrou que ele conseguiu canalizar a revolta existente nas camadas populares contra o sistema capitalista...mas a Esquerda Unida ainda é pequena para influir decididamente nas lutas. Um balanço do 15 de outubro.

A situação na Grécia está se tornando mais e mais revolucionária a cada dia que passa. O país foi paralizado por uma onda de greves centradas no setor público e empresas estatais. E esta semana a situação irá aprofundar-se.

O presente artigo redigido para a edição de outubro de 2012 do Jornal “Lucha de Clases”, órgão da seção espanhola da CMI, além de nos brindar uma excelente análise de conjuntura, tem o mérito de indicar o combate central pelo fim do sistema capitalista.