Mais de 7.300 inscritos de 144 países para uma Universidade Marxista Internacional vitoriosa!

A Universidade Marxista Internacional – UMI (hashtag em inglês, #IMU22) -, realizada entre os dias 23 e 26 de julho, ultrapassou todas as expectativas! Um total de 7.333 pessoas inscritas – um aumentos de mais de mil inscritos comparados a nossa última UMI em 2020! Da Bolívia à Belgica, do Vietnã à Venezuela, e do Paquistão ao Peru, trabalhadores e jovens revolucionários se reuniram na maior escola Maxista que a CMI (Corrente Marxista Internacional) já promoveu, acompanhando discussões do mais alto nível político, e com doações que últrapassaram 825.000 euros para nossa coleta, o que será direcionado para a compra de uma nova sede internacional em Londres.

[Source]

Centenas de camaradas em todo o mundo se reuniram para acompanhar a atividade em tempo real, enquanto alguns camaradas literalmente escalaram montanhas nos picos de Baluchistão (Paquistão) para obter um sinal forte o bastante para participar! A UMI foi um clarão para a teoria Marxista e o otimismo revolucionário, e será indubitavelmente um divisor de águas no combate pela consolidação das forças do Marxismo pelo mundo.

Até a sessão de encerramento, contou-se com participantes de 144 países, que fizeram da UMI (#IMU22) um encontro internacionalista sem igual. Os países de onde os camaradas estavam acompanhando incluem:

Afeganistão, África do Sul, Albânia, Alemanha, Arábia Saudita, Argélia, Argentina, Armênia, Austrália, Áustria, Azerbaijão, Bahamas, Bahrein, Bangladesh, Bielorrússia, Bélgica, Belize, Bolívia, Bósnia e Herzegovina, Brasil, Bulgária, Camboja, Camarões, Canadá ,Catar, Cazaquistão, Chade, Chile, China, Cingapura, Colômbia, Costa Rica, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Croácia, Cuba, Dinamarca, Equador, Egito, El Salvador, Emirados Árabes Unidos, Eritreia, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Etiópia, Filipinas, Finlândia, França, Guiana Francesa, Gâmbia, Geórgia, Gana, Grécia, Guatemala, Guiana, Haiti, Honduras, Hong Kong, Holanda, Hungria, Iêmen, Ilhas Aland, Ilha Christmas, Ilhas Faroé, Índia, Indonésia, Irã, Iraque, Irlanda, Israel, Itália, Jamaica, Japão, Jordânia, Kuwait, Letônia, Líbano, Lesoto, Libéria, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Madagascar, Malawi, Malásia, Marrocos, Mauritânia, Maurício, México, Moldávia, Moçambique, Mianmar, Namíbia, Nepal, Nova Zelândia, Nicarágua, Nigéria, Noruega, Omã, Paquistão, Panamá, Papua Nova Guiné, Paraguai, Peru, Polônia, Portugal, Porto Rico, Quênia,Quirguistão, Reino Unido, República Dominicana, República Tcheca, Romênia, Rússia, Senegal, Sérvia, Samoa Americana, Somália, Sudão, Sri Lanka, Sudão, Suazilândia, Suécia, Suíça, Síria, Taiwan, Tajiquistão, Tanzânia, Tailândia, Timor Leste, Territórios Palestinos, Trinidad e Tobago, Tunísia, Turquia, Ucrânia, Uruguai, Venezuela, Vietnã e Zâmbia.

Nós compilamos abaixo (em inglês) os relatos de todos os quatro dias da UMI, incluindo gravações de todas as seções, que abordam diversos aspectos da filosofia, economia e história.

Todos saíram com uma compreensão mais forte das ideias Marxistas. Mas como Trotsky falou uma vez, ideias sem organização são como uma faca sem o corte. A tarefa diante de nós não é simplesmente dominar a teoria, mas construir uma direção revolucionária capaz de conduzir a classe trabalhadora até a vitória. E com isso em mente, nós convidamos todos os inscritos que não se juntaram à CMI: se você se sentiu inspirado pela UMI, junte-se a nós nesta tarefa urgente, e nos ajude a conquistar um futuro socialista para a humanidade.

Dia um relatos e vídeos

Dia dois relatos e vídeos

Dia três relatos e vídeos

Dia quatro relatos e vídeos