Um provérbio marroquino diz: “a ovelha passa a vida inteira com medo do lobo, mas, no final, quem se banqueteia com a ovelha? O pastor!” Bem, alguns meses após a China e 10 dias após a Itália, as autoridades marroquinas anunciaram os primeiros casos de Covid-19 no país em 2 de março e os atribuíram a “fatores externos”. Especificamente, teria sido um marroquino retornando da Itália, e logo turistas franceses. A epidemia piorou, infectando 2.024 pessoas, das quais 126 morreram (em 15 de abril, 45 dias após as primeiras infecções), segundo dados oficiais.

A crise política acelera. Bolsonaro se isola cada vez mais e seu governo balança. A imprensa eleva o tom e cobra investigações. FHC pede a renúncia. Os políticos de direita, que se elegeram na esteira de Bolsonaro (Doria, Witzel etc.), abandonaram o barco há tempos, como bons oportunistas. Mandetta se foi, Moro se foi. E a pergunta que muitos fazem é: quanto tempo dura Paulo Guedes?

La crisi economica e la pandemia hanno reso particolarmente evidente come il capitalismo statunitense non rappresenti un’eccezione rispetto all’andamento generale della situazione politica. Come accade in tutto il resto del mondo, anche il sistema politico americano è soggetto a cambiamenti bruschi e improvvisi.